Jovem de 19 anos foi localizada na rodoviária de Belo Horizonte no momento que chegava de viagem

Com apenas 19 anos e um cargo de líder em uma quadrilha responsável pelo tráfico de drogas no bairro Água Limpa, em Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte, uma mulher acabou presa no momento em que chegava de viagem na rodoviária da capital mineira. Em conversa com a reportagem de O TEMPO, nesta quinta-feira (5), o delegado regional de Nova Lima, Thiago Rocha Ferreira, contou que a investigada assumiu o cargo do namorado, que está preso.

“A operação teve sua primeira fase desencareada em 2018 com cumprimentos de mandados de prisão. Foram arrecadados drogas, dois revólveres, espingarda calibre 12, valores em dinheiro e anotações do tráfico. Naquela época, três pessoas foram presas, entre eles o namorado da mulher que foi presa ontem”, explicou o delegado.

Veja a entrevista com o delegado:

Com o líder do grupo na prisão, a jovem, à época com 18 anos, resolveu assumir os negócios ilícitos. Além do poder de mando, ela distribuía tarefas, decidia os fornecedores das drogas e os locais de esconderijos.

“Ela determinava que os comparsas fizessem aquela cobrança mais violenta aos usuários de drogas que estavam devendo aquele grupo criminoso, até com ameaças de morte”, contou o delegado.

Durante as investigações, a polícia conseguiu pediu a prisão preventiva da suspeita, que, ao saber que poderia ser presa, fugiu para o sul da Bahia, onde ficou com familiares do namorado.

“Ela acreditou que pudesse voltar e desenvolver o comércio de drogas pensando que a Polícia Civil tivesse esquecido dela. Mas as equipes tiveram informações de populares que ela estaria voltando. Ontem, investigadores da 3 Delegacia do Jardim Canadá, junto com o delegado Rodrigo Rodrigues, se fez presente na rodoviária”, detalhou o policial.

A mulher, presa preventivamente, se reservou no direito de ficar calada durante a abordagem e foi encaminhada ao sistema prisional.

 

Fonte: O Tempo