Estabelecimentos também não vão poder colocar mesas nas calçadas e os clientes só poderão ficar no local por 1 hora; cidade adota reabertura parcial

A Prefeitura de Nova Lima, na região metropolitana, proibiu o consumo de bebidas alcoólicas nos restaurantes da cidade a partir desta segunda-feira (11).

A decisão aconteceu após a cidade registrar aglomeração de moradores nos comércios de comida, que voltaram a funcionar na última terça-feira (5).

O novo decreto divulgado pela prefeitura, neste domingo (10), muda regras de abertura para os estabelecimentos. Com as novas medidas, os clientes vão poder ficar apenas hora dentro das lojas e o comércio não poderá colocar mesas nas calçadas.

A cidade já havia estabelecido que os restaurantes só podem autorizar o consumo no local para até 1/3 da capacidade de clientes. Os empresários deverão garantir, ainda, distância mínima de 1,5 metro entre clientes e funcionários. As mesas deverão ser colocadas a dois metros umas das outras. As orientações também valem para lanchonetes e padarias.

No dia 5 de maio, a prefeitura também liberou a volta parcial de comércios varejistas e serviços de escritórios. Todos devem seguir regras de higienização e distanciamento.

O cronograma oficial prevê a volta parcial dos bares a partir do dia 19 de maio, quando também serão liberadas as atividades físicas ao ar livre – com exceção das academias da prefeitura instaladas nas praças. Em 3 de junho, serviços que tiveram com horário reduzido poderão retornar à escala normal.

Balanço

Nova Lima tem 93 casos confirmados de covid-19 e nenhuma morte registrada. Em Minas Gerais, segundo a SES (Secretaria de Estado de Saúde), até esta segunda-feira (11), os contaminados somam 3.320 e os óbitos, 121.

Veja Mais

Fonte: G1