Um novo decreto de flexibilização do isolamento social em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, começou a valer nesta segunda-feira (11). A prefeitura adotou regras mais rígidas para os restaurantes, depois de receber queixas de aglomerações no bairro Vila da Serra.

Na semana passada, a cidade começou a volta gradativa das atividades econômicas com uso obrigatório de máscaras. Os restaurantes foram liberados a funcionar com no máximo um terço da capacidade e mantendo distância mínima de um metro e meio entre os clientes.

Porém, muitas denúncias de aglomerações e desrespeito às regras foram feitas na cidade.

O novo decreto proíbe mesa nas calçadas, limita o tempo dos clientes em até uma hora nos estabelecimentos e proíbe a venda de bebida alcóolica.

Na área central da cidade, lojas estão limitando a quantidade de fregueses e oferecem álcool em gel na porta.

Os fiscais estão batendo de porta em porta para orientar e autuar, se preciso, o comerciante que desrespeitar as normas.

A reabertura do comércio em Nova Lima ainda tem mais duas etapas. Na semana que vem bares vão poder voltar a funcionar com no máximo 1/3 da capacidade.

A partir de 3 de junho, a prefeitura vai autorizar a abertura de restaurantes em horário normal com, no máximo, 2/3 da capacidade.

 

Fonte: G1